Núcleo de Carreiras - UNIFEMM - Centro Universitário de Sete Lagoas
3121062106 | ouvidoria@unifemm.edu.br

Núcleo de Carreiras


O Núcleo de Carreiras UNIFEMM foi instituído com objetivo de assessorar alunos e ex-alunos no desenvolvimento de suas carreirass e de aproximá-los do mercado de trabalho, quer seja por meio de estágios, empregos ou outras formas de trabalhabilidade. 

Aqui você encontrará as orientações necessárias para realizar o Estágio Supervisionado (obrigatório ou não obrigatório), por meio da Cartilha de Estágio e do novo Regulamento de Estágio do UNIFEMM, e poderá ainda:  

  1. Acessar o Sistema de Gestão de Estágio (SGE) e toda a documentação de estágio.
  2. Cadastrar seu currículo para realizar estágio no UNIFEMM ou para buscar vagas externas.

O atendimento aos alunos e às concedentes é feito pelo Núcleo de Carreiras, localizado no andar térreo do prédio Jequitibá. Lá os alunos interessados em realizar estágios poderão buscar informações e orientações sobre o estágio, bem como entregar e receber os documentos de validação do estágio.

Horário de Funcionamento do Núcleo de Carreiras:  De 2ª a 6ª feira, das 09h às 21h.

 

CONTATOS:

Núcleo de Carreiras:  nucleodecarreiras@unifemm.edu.br    Telefone: (31)21062122     Whatsapp:  975410673  (de 2ª a 6ª, de 12h as 21h)

 

EQUIPE NÚCLEO DE CARREIRAS:

Coordenação: Prof. Frederico Reis Marques de Brito - fredericoreis@unifemm.edu.br

Orientação de Carreiras: Profa. Luiza Aparecida Teixeira Saldanha -  luizasaldanha@unifemm.edu.br

 

Professores Orientadores de Estágio:  

Alessandro de Assis Santos Oliveira  - alessandro.assis@unifemm.edu.br  

Carla Augusta Nogueira - carla.augusta@unifemm.edu.br 

Flávio de Castro - flaviodecastro@unifemm.edu.br 

Luciana Machado Oliveira - luciana.machado@unifemm.edu.br 

Luiza Aparecida Teixeira Saldanha - luizasaldanha@unifemm.edu.br 

Maurilo Campolina Diniz Peixoto - mcpeixoto@unifemm.edu.br 

Renato Ferreira Andrade - renato@unifemm.edu.br 

Roseli de Oliveira Silva - roseli.silva@unifemm.edu.br 

 

Núcleo de Carreiras:

Camila Morais

Jenifer Kelly da Silva Carvalho

Jéssika Mara Souza Coelho

NatháliaAparecida Lopes Evangelista

Solisângela Rodrigues

 

Estagiárias:

Nágila dos Reis Mendes

Patrícia da Silva Azevedo

 

 

     

 

 

 

Documentação Necessária para Estágio


Para que seu estágio seja válido, ele precisa ser regularizado. Os documentos necessários à regularização do estágio encontram-se disponíveis para preenchimento no SGE.  Clique aqui para acessar o SGE. 

Clique aqui para verificar os prazos e procedimentos para assinatura/validação de cada documento. 

 

Observações:

Os documentos de estágio não devem ser preenchidos de forma manuscrita e não podem conter rasuras. 

Uma vez preenchidos os documentos de validação (convênio, se necessário, Termo de Compromisso e Plano de Atividades), você deve imprimi-los e assiná-los, nos campos indicados para assinatura do ALUNO, bem como dar um visto (ou uma rubrica)  no canto inferior direito das demais páginas. 

Em seguida você deverá encaminhar a documentação para a CONCEDENTE e coletar a assinatura, sob carimbo,  do responsável. 

No caso do plano de atividades é necessária a assinatura do Supervisor de  Estágio, designado pela CONCEDENTE para acompanhar suas atividades. 

Depois de assinados por ALUNO e CONCEDENTE, os documentos deverão ser entregues ao Núcleo de Carreiras, de 2ª a 6ª feira, das 09h às 21h.  

O Núcleo de Carreiras localiza-se no andar térreo do prédio Jequitibá.

 

Prazo para devolução de documentos: 

Ao entregar sua documentação no Núcleo de Carreiras, você receberá um comprovante, com o número de protocolo gerado.  Guarde-o para sua segurança. 

Sua documentação será analisada e, se estiver conforme, será assinada pelo UNIFEMM. O prazo solicitado para esse processo é de  3 (três) dias úteis.  Para os convênios, o prazo é de 10 (dez) dias úteis. Acompanhe o status de sua documentação pelo SGE, usando a ferramenta Histórico de Protocolo.

 

Atenção:

  • Providencie a documentação de estágio com antecedência! O estágio só poderá ter início depois de toda a documentação assinada inclusive pelo UNIFEMM.
  • Como estagiário você também é responsável por informar ao Núcleo de Carreiras sempre que ocorrer: Alterações no estágio (supervisor, área, atividades, carga horária, horário, etc.); Mudança no prazo de vigência do estágio; Término antecipado (desligamento) do estágio;  Trancamento de matrícula e Desligamento do curso.
  • Em caso de Estágio Obrigatório dos cursos de Administração, Arquitetura, Ciências Biológicas, Ciências Contábeis, Educação Física, Engenharias, Gestão de Recursos Humanos e Logística o relatório final de estágio OBRIGATORIAMENTE deverá ser entregue num prazo máximo de 30 (TRINTA) dias corridos após o encerramento do estágio (integralização da carga horária de estágio obrigatório prevista no Projeto Pedagógico do curso). Caso contrário o estágio não será validado. 

Estágios Obrigatórios - Calendário e Regras Complementares


O Novo Regulamento de Estágios do UNIFEMM, aprovado em 2018 e que passa a valer a partir de 2019, trouxe algumas novidades importantes. Clique aqui para ver as principais.

A partir de 2019 o Estágio Curriculart Supervisionado, desde que previsto no Projeto Pedagógico do Curso, pode ser realizado numa das formas a seguir.

  1. Estágio Obrigatório -  Utilizando termo de compromisso que classifique explicitamente o estágio na modalidade obrigatória.
  2. Formalização de estágio obrigatório -  Quando se deseja pleitear utilizar um estágio não-obrigatório como Estágio Curricular Supervisionado. 
  3. Convalidação das atividades profissionais atuais -  Quando se deseja pleitear a utilizaçõ de ativisdades profissionais estritamente ligadas ao perfil de formaõ do curso como estágio. 

Para mais informações sobre as formas de realização de estágio obrigatório, acesse o documento de Regras Complementares para Estágio 2019 eou o Regulamento de Estágio.

Acesse abaixo as Regras Complementares e o Calendário de Estágio Obrigatório válido para todos os cursos, exceto Direito, Enfermagem e Nutrição: 

Regras Para Realização de Estágio Obrigatório - 2017

Regras e Calendário de Estágio Obrigatório - 2018

Regras e Calendário de Estágio Obrigatório - 2019


Atenção!

  • Independentemente da forma de realização do estágio a documentaçõ de validaçõ deve ser entregue antes do início das atividades e contagem da carga horária. 
  • Para o estágio obrigatório (à exceção dos cursos de Direito, Enfermagem e Nutrição) é obrigatória participação nos processos avaliativos seguintes:  Encontro Inicial de Estágio (até 20% da carga horária prevista no PPC), Entrevista Intermediária (a ser realizada entre 35% e 60% da carga horária prevista no PPC), entrega do Relatório Final (OBRIGATORIAMENTE deve ser entregue no prazo máximo de 30 (TRINTA) dias após o encerramento do estágio (integralização da carga horária de estágio obrigatório). Caso contrário o estágio não será validado) e entrevbista final (após correção do relatório final, se necessário).
  • O modelo do Relatório Final de Estágio está disponível no SGE. 

  •  

Modelos de Documento


Os modelos de documentação de estágio (Convênio, Termos de Compromisso, Aditivos, Distratos, entre outros) estão disponíveis no SGE.

 

 

ACESSO AO SISTEMA SGE

Regulamento de Estágio


Em dezembro de 2018 o UNIFEMM aprovou o novo Regulamento de Estágios que passa a vigorar a partir de 2019.  Clique aqui para ver as principais alterações instituídas pelo novo Regulamento.

 

Aqui você terá acesso ao Regulamento de Estágio (até 2018) e à Cartilha de Estágio, com explicações detalhadas sobre a política de estágios no UNIFEMM.

 

Regulamento Estágio Unifemm - Arquivo em PDF

Cartilha de Estágios

Acesso ao SGE


ACESSO AO SISTEMA SGE

Com o objetivo de tornar o fluxo de documentação de estágio mais eficiente o UNIFEMM conta com o Sistema de Gestão de Estágio (SGE), criado em 2013.

No SGE você terá acesso:

  • Aos modelos de documentos necessários para início do estágio (Convênio, Termo de Compromisso e Plano de Atividades).
  • Ao modelo de Termo Aditivo para ampliação do período de vigência do Termo de Compromisso de Estágio e de Distrato, para término antecipado do estágio.
  • Ao histórico de Protocolos, por meio do qual você poderá acompanhar o andamento de sua documentação, verificar se ela já está disponível para retirada ou se houve alguma inconformidade e será necessária alguma correção.
  • Às vagas de estágio cadastradas para seu curso/área e período.
  • À relação das instituições conveniadas com o UNIFEMM para concessão de estágio.

O acesso do aluno ao SGE será feito usando-se o número de matrícula como login e a mesma senha utilizada para acesso ao sistema acadêmico. 

Para preencher qualquer um dos documentos de estágio você deverá acessar o SGE e selecionar o tipo de documento que deseja. Preferencialmente utilize os modelos UNIFEMM, pois isso agiliza a conferência e a devolução dos termos.

Os Termos de Compromisso no modelo UNIFEMM são de preenchimento online e são necessárias informações sobre a CONCEDENTE e do SUPERVISOR DE CAMPO, ou seja, o profissional da CONCEDENTE que supervisionará e será o responsável por seu estágio.

O SGE não permite preenchimento da data de início de estágio em data anterior a do acesso ao sistema.


Caso o estágio faça jus a bolsa, será solicitado também o valor da bolsa. 

Orientação de Carreira


O Núcleo de Carreiras oferece aos alunos do UNIFEMM a oportunidade de contar com orientações que visam direcioná-los em suas ações de planejamento e desenvolvimento profissional, por meio da oferta de atividades formativas nos seguintes temas:

•    A importância do desenvolvimento profissional;

•    Elaboração e apresentação de currículos;

•    Como melhorar meu desempenho em processos seletivos de estágio ou emprego;

Essas atividades ocorrerão em datas pré-agendadas, de acordo com o interesse.  Os interessados devem encaminhar email para vagas@unifemm.edu.br solicitando o agendamento e indicando o tema de seu interesse. O Núcleo de Carreiras retornará informando a próxima data de oferta.

Outras dúvidas sobre orientação de carreira podem ser discutidas no Plantão de Atendimento de Orientação de Carreiras, disponibilizado no Espaço de Carreiras, localizado no  andar superior do Prédio Jequitibá, cujo atendimento ocorre de 2a a 6a feira, das 12:30 às 18:30,  e 3a e 5a, também de 20:30 às 21:30.  Agende seu horário de atendimento pelo email vagas@unifemm.edu.br  ou pelo telefone 2106-2157. 

Responsável: Profa. Luiza Aparecida Teixeira Saldanha

Estagiária: Maria Luiza Alves Reis

Coluna Estágios e Empregos


Fique por dentro de notícias sobre estágios e empregos. Mensalmente a coluna é atualizada.

 

O MERCADO TEM SEDE DE PESSOAS CRIATIVAS, SEJA CRIATIVO!

A criatividade é uma característica ou posso desenvolver esta habilidade? É preciso ter conhecimento para ser criativo ou ter competência para criar através do conhecimento?

Quem se considera CRIATIVO? Quando faço essa pergunta aos alunos ou a ouvintes em uma palestra, vários deixam de levantar a mão. Será que isso acontece realmente porque não são criativos ou porque eles têm uma visão errônea sobre tal conceito?

Os questionamentos são inúmeros a respeito da CRIATIVIDADE. Por isso, nesta breve reflexão, vamos nos ater  às revisões ou auto-avaliações que deveremos nos proporcionar a respeito. Então, vamos a algumas dicas:

- Não sustente seus conceitos ou argumentos por meio de informações ou visões incompletas e sim busque visão geral dos fatos.

- Esteja aberto a argumentos diferentes dos seus, podem existir muitas possibilidades.

- Busque imparcialidade ao analisar situações, assim ampliará sua visão.

- Não deixe que a arrogância, superestima, presunção e/ou orgulho, sejam superiores ao seu potencial.

- Se sua autoconfiança estiver abalada, lembre-se que isso é um estado e não sua personalidade, ou seja, é possível  mudar.

- Aproveite as oportunidades informais para troca de ideias: viagens, restaurantes, confraternizações ou qualquer outro momento cultural e/ou lazeres.

- Saia da rotina tanto em sua  vida pessoal, quanto no trabalho. Crie e se permita ousar!

- Busque ser proativo ao invés de reativo, com certeza perceberá soluções inusitadas.

Enfim, permita-se ser um ser pensante. As organizações verão vantagem em se associarem a você. Não use a automatização e/ou tecnologia como desculpa para sabotar seu potencial criativo. Todas as pessoas deveriam levantar as mãos ao serem questionadas sobre a presença de tal competência, o que na maioria das vezes falta é esta consciência ou atitude para usar todo esse talento!

Fica a dica!

Professora Luiza Saldanha

 

A IMPORTÂNCIA DO CURRÍCULO

Para ampliar suas chances de conseguir uma vaga de estágio ou de emprego é extremamente importante apresentar um currículo que impressione o responsável pela seleção. 

Algumas dicas podem ser valiosas na hora de estruturar seu currículo e indicamos a seguir algumas das que julgamos mais interessantes:

O currículo deve ser um espelho de sua formação e experiência profissional, mas é muito importante que você seja  objetivo ao apontar esses dados.    Priorize as atividades e experiência na área de interesse da empresa. Seja honesto com as informações prestadas e não superestime suas capacidades.   Utilize como contato um email profissional, evitando e-mails muito informais como caralegal@tal.br. Também é importante que seu currículo seja claro e que desperte o interesse pela sua contratação.  Revise seu currículo para verificar se não há erros gramaticais.  

Outras dicas e um passo a passo de como fazer seu currículo estão disponíveis na internet, como nos sites do NUBE (Núcleo Brasileiro de Estágios) ou da Catho:  https://www.nube.com.br/estudantes/dicas/curriculo#.VSWZ-_nF9UU 

 http://www.catho.com.br/carreira-sucesso/modelo-curriculo/cv-estagiario .

Se preferir você pode também agendar um horário com nossa consultora em gestão de Carreiras, a professora Luiza Saldanha, para esclarecer suas dúvidas de como montar um currículo que seja atraente.  Basta entrar em contato pelo email vagas@unifemm.edu.br. 

E já que estamos falando de currículos, o Núcleo de Carreiras mantem um banco de currículos de alunos interessados em realizar estágio, ou se candidatar a uma vaga de emprego. Você já cadastrou o seu? Se você ainda não cadastrou,faça isso agora! É rápido e simples, bastaclicar no botão Cadastre Seu Currículo, no menu ao lado.  Ter seu currículo cadastrado facilita a sua apresentação para uma possível vaga.

Feira de Carreiras


Com o objetivo princiapl de proporcionar aos alunos e egressos UNIFEMM o contato com as principais empresas e agências de emprego da cidade e região, visando direcioná-los para o mercado de trabalho e de ampliar as oportunidades de trabalho e estágio, o Núcleo de Carreiras está organizando o Encontro de Carreiras 2019, que será realizado no dia 09 de abril. Em breve novidades para vocês. 

 

Construir um currículo, alcançar metas e conquistar os sonhos. Não há uma fórmula mágica para o sucesso profissional. Mas existem passos importantes para crescer na carreira. Com o objetivo de integrar os alunos ao mercado de trabalho, o UNIFEMM realizou no dia 20 de março a 1ª Feira de Carreiras, evento pioneiro na região. Cerca de 2.300 alunos e ex-alunos da instituição participaram da extensa programação,
que contou com 35 convidados em 30 atividades, entre palestras e fóruns, além da presença de 14 das principais empresas da cidade. “É uma iniciativa inédita em Sete Lagoas e região. Toda essa movimentação faz com que o nosso aluno conheça melhor e tenha melhores condições de sair na frente no competitivo mercado de trabalho”, avalia o Reitor do UNIFEMM, Dr.Antônio Bahia.

Apesar de ser apenas a primeira edição, o evento, que teve grande adesão da comunidade acadêmica, será anual. “A Feira de Carreiras mostra que o UNIFEMM está em sintonia com os principais desafios da atualidade e ciente do importante papel que uma instituição de ensino tem em relação à formação não só acadêmica, mas também profissional dos seus estudantes”, observa o Coordenador do Núcleo de Carreiras, Fred Reis.

O uso do LinkedIn, foi uma das palestras mais disputadas da programação. Para falar sobre o tema, foi convidado o jornalista e social media Cristiano Santos, especialista na rede social voltada apenas para o mercado de trabalho. “Muitas empresas utilizam o LinkedIn para fazer a sua seleção, pois a rede social vai muito além do currículo, que é estático. E, justamente por isso, é preciso muito
cuidado ao administrar o seu perfil”, alerta. Ao longo da sua palestra, Cristiano falou sobre os principais erros cometidos e como utilizar a ferramenta para conquistar o mercado de trabalho. “Um evento como o Feira de Carreiras é muito importante para os estudantes entenderem melhor a dinâmica do mercado que vão encontrar lá fora. Ter esse contato com as empresas e com os profissionais só vai somar ao conhecimento que eles alcançam em sala de aula”, garante Cristiano.


Para a responsável pela Orientação de Carreiras do Núcleo de Carreiras do UNIFEMM, Luiza Saldanha, o evento contribui para que os alunos entendam melhor a importância de começar a construir a carreira profissional ainda na graduação. “As palestras escolhidas, com os profissionais do mercado e temas atuais, contribuem para os nossos alunos entenderem qual a demanda do mercado”, revela Luiza Saldanha.

 

O Núcleo de Carreiras do UNIFEMM organiza anualmente um evento para os alunos ingressantes, chamado Encontro de Carreiras.  O evento tem como objetivo principal incentivar o desenvolvimento e a gestão de carreiras de nossos alunos, bem como despertar o interesse por realizar estágio, como uma atividade complementar e integrada à sua formação.

Nessa 5ª edição, o Encontro de Carreiras contou com a participação de cerca de 350 alunos, que puderam assistir a um evento em formato bastante dinâmico, com um bate-papo com profissionais de gestão de carreira e egressos do UNIFEMM. Além do Reitor, Dr. Antônio Fernandino de Castro Bahia Filho, estavam presentes, para representar os profissionais de Gestão de Carreiras, a Professora e Coach Andrea Xavier Francisco Penna, Fabiana Ferreira de Souza Vieira do Centro de Integração Empresa e Escola – CIEE – Sete Lagoas, Fabrícia Souza Peres analista de seleção e recrutamento da empresa CNH Industrial e o Coach e Coordenador de Recursos Humanos da OMPI do Brasi, Gustavo Guerra Gonçalves e também Carlos Heloi Barbosa Dias – ex-aluno do curso de Administração e atual Gerente de produção da CNH Industrial, Cristiano Borges de Aguiar - ex-aluno de Direito e Sócio fundador do Escritório de Advocacia Borges Garcia e Guerra, Iara Soffia Lopes Dutra - ex-aluna do curso de Educação Física e em atuação no NASF de Araçaí-MG.

Ao longo do bate-papo os convidados falaram sobre a importância da capacitação para o mercado de trabalho, da fluência em língua estrangeira, e de conhecimentos de informática, entre outros. O Coordenador do Núcleo de Carreiras do UNIFEMM, Professor Frederico Reis M. de Brito foi o mediador e a conversa foi entremeada com intervenções musicais da banda Phonométrica, integrada pelo professor do curso de Direito do UNIFEMM, Giuliano Fernandes, e pelos músicos Marcos Avellar, Igor Félix e Fred Calazans.

Perguntas Frequentes


PERGUNTAS E RESPOSTAS - FREQUENTES

1 - O que é estágio?

Estágio é o ato educativo escolar supervisionado, desenvolvido no ambiente de trabalho, que visa à preparação para o trabalho produtivo do estudante. O Estágio é regido pela Lei 11.788, de 25 de setembro de 2008.
  • Que o aluno esteja matriculado e seja frequente.
  • Que seja celebrado Termo de Compromisso de Estágio (TCE) entre o estudante, a parte concedente do estágio e a Instituição de Ensino;
  • Que as atividades desenvolvidas no estágio e as previstas no termo de compromisso sejam compatíveis.
A duração do estágio, na mesma concedente, não poderá exceder 2 (dois) anos, exceto quando se tratar de estagiário com deficiência.
A Lei 11.788 não define tempo mínimo para realização do estágio, nem carga horária mínima.  Entretanto, os projetos pedagógicos dos cursos ou legislações específicas de algum curso podem impor certas restrições.

Sim, é possível estender o período de vigência previsto no Termo de Compromisso de Estágio (TCE), desde que no total não ultrapasse dois anos. A prorrogação do período de vigência pode ser feita por assinatura de um Termo Aditivo.  Nesse caso, o Termo Aditivo deve ser compatível com o Termo de Compromisso. Em especial, a data de início de vigência do aditivo deve ser imediatamente posterior ao fim de vigência do termo a que se refere.

A Carga horária diária de estágio deve ser no máximo de 6 horas e a carga horária semanal, no máximo 30 horas.
  •  Convênio com a Concedente de Estágios e Ficha cadastral para oferecer estágio deve ser celebrado um Convênio de Estágio entre a concedente e a Instituição de Ensino.  O convênio é feito por concedente e caso uma determinada concedente já seja conveniada e o convênio esteja vigente não será necessário novo convênio.
  • Termo de Compromisso de Estágio (TCE).É um acordo entre Estudante, Concedente do estágio e Instituição de Ensino e prevê as condições de adequação do estágio à proposta pedagógica do curso e ao horário e calendário escolar.
    O termo de compromisso deverá ser firmado por três partes: o estagiário, o(s) representante(s) legal(is) da parte concedente e a Instituição de Ensino.

  •  Plano de Atividades: Compõe o Termo de Compromisso e deve descrever as atividades que serão executadas pelo estagiário sob supervisão de profissional habilitado

Os modelos de documento no padrão UNIFEMM estão disponíveis no Sistema de Gestão de Estágio (SGE).  Alguns desses documentos (Termos de Compromisso e Planos de Atividades) têm preenchimento online, trazendo maior rapidez e eficiência ao processo.

  •  Os documentos devem ser entregues em vias idênticas e originais.
  •  Os documentos não podem conter rasuras.
  •  A data de início da vigência a que se refere o documento não pode ser posterior a data de assinatura do mesmo.
  •  Verifique, antes da entrega, se a documentação está completamente preenchida e sem erros no preenchimento.
  •  Para sua maior segurança dê um visto na lateral das folhas não assinadas da documentação.
Os documentos deverão ser entregues de 2ª a 6ª feira, de 09h as 21h, no Núcleo de Carreiras, localizado no andar térreo do prédio Jequitibá.  No ato da entrega você receberá um protocolo de comprovação da entrega. Guarde-o para sua segurança e para acompanhamento do processo de assinatura.
Os documentos deverão ser retirados no Núcleo de Carreiras, localizado no andar térreo do prédio Jequitibá, de 2ª a 6ª feira, de 09h as 21h, num prazo máximo de 5 (CINCO) dias da liberação dos mesmos.  
Os documentos devem ser entregues dentro dos prazos previstos nos períodos de vigência. Assim, por exemplo, um documento cuja vigência se inicia em 30/06/2019 não deve ser entregue em data posterior a essa.
Recomenda-se que os documentos necessários para início ou renovação de estágio sejam entregues com pelo menos 5 (Cinco) dias de antecedência do início previsto para o Estágio, pois em caso de alguma incorreção no preenchimento ele poderá ser refeito a tempo.
Sim, mas neste caso, a documentação passará por avaliação para verificar se o documento está em acordo com a Lei 11.788 e com a política de estágios do UNIFEMM.  Preferencialmente, opte pelo uso dos documentos no modelo UNIFEMM, pois isso pode tornar mais rápida a aprovação dos documentos.
Não. Os documentos serão assinados somente se estiverem com preenchimento correto, sem rasuras, em vias originais, dentro dos prazos exigidos pelo UNIFEMM e em acordo com o exigido pela Lei 11.788 e com o projeto pedagógico do respectivo curso do aluno e outras normas estabelecidas pelo UNIFEMM.
Sim, o Termo de Compromisso de Estágio pode ser rescindido antes do seu término, por iniciativa da Concedente ou do Estagiário, desde que seja formalizado o distrato e em acordo com o que determina o Termo de Compromisso.  O UNIFEMM também poderá rescindir o TCE caso seja identificada qualquer irregularidade no cumprimento das condições preestabelecidas para o estágio.
Mudanças no que está previsto no TCE e no Plano de Atividades devem ser imediatamente notificadas ao Núcleo de Carreiras.  Prorrogação de prazo, mudança de horário, do valor da bolsa, do supervisor na concedente ou das atividades a serem realizadas devem ser formalizadas por meio de um Aditivo ao TCE, a ser avaliado pelo Núcleo de Carreiras e, se de acordo, assinado pela IES.  Se o estágio for interrompido antes do prazo final estipulado pelo TCE, deve ser providenciado um Distrato, a ser entregue ao Núcleo de Carreiras.  Para aditivos ou distratos a entrega deve ser feita antes do início da vigência e sua validade fica condicionada ao aceite e assinatura pelo UNIFEMM.
O Sistema de Gestão de estágio (SGE) foi implantado no UNIFEMM a partir do 2º semestre de 2012, com a finalidade de facilitar o acesso a documentação e o fluxo desta.  O SGE está disponível na página do UNIFEMM, área do aluno, clicando em “Núcleo de Carreiras” e, em seguida, “Acesso ao SGE”.   O acesso é feito utilizando-se o número de matrícula do aluno e a mesma senha utilizada no Sistema Acadêmico.
  • Aos modelos de documentos necessários para início do estágio (Convênio, Termo de Compromisso e Plano de Atividades).
  • Aos demais modelos de documento necessários: Aditivo, Distrato, etc.
  • À relação de empresas e instituições conveniadas com o UNIFEMM para concessão de estágio.
  • Às vagas de estágio disponíveis para seu curso.
  • Ao acompanhamento de seu pedido de assinatura de documentos de estágio, verificando se a documentação já se encontra disponível ou não e se houve alguma incorreção nos documentos entregues

A lei 11.788 estabelece basicamente dois tipos de estágio: Obrigatório e não obrigatório. Estágio obrigatório é aquele que consta na estrutura curricular, e se não for realizado inviabiliza a colação de grau.  Estágio não obrigatório, ou extracurricular, como era conhecido anteriormente, tem o objetivo de complementar a formação profissional e é opcional.

Há algumas especificidades. Por lei, apenas no caso de estágio não obrigatório é compulsória a concessão de bolsa e auxílio transporte. No caso do obrigatório, esses benefícios são opcionais.  Apesar dessa diferença, nos dois casos os estágios devem ser supervisionados, acompanhados por um profissional da área.

Em alguns casos, por força das diretrizes curriculares e/ou de determinações de órgão de representação profissional, como o CREA, CONFEA e OAB, o estágio obrigatório só pode ocorrer a partir de certo período do curso, conforme definido nos Projetos Pedagógicos dos cursos.

Sim, o Estágio Obrigatório é um componente curricular indispensável para integralização do curso.  Estágios não-obrigatórios realizados anteriormente não podem ser utilizados para dispensa do Estágio Curricular Supervisionado (ou Estágio Obrigatório).

Dispensado não, mas se previsto no Projeto Pedagógico do seu curso, você poderá solicitar o processo de convalidação das atividades profissionais atuais.  Nesse caso, se autorizado, não será necessária assinatura de Termo de Compromisso, mas você deverá passar pelo processo avaliativo do estágio, e entregar relatório ao término da contagem de carga horária.

Você deve entregar ao Núcleo de Carreiras, de forma prévia (isto é, antes do início da contagem da carga horária):
I –  requerimento preenchido pelo aluno, seguindo modelo disponibilizado pelo Núcleo de Carreiras;
II –   cópia da Carteira de Trabalho e Previdência Social, das páginas de qualificação civil, identificação, contrato de trabalho e alterações realizadas, ou cópia autenticada do contrato social, devidamente registrado, e cartão do CNPJ, caso o discente participe do quadro societário da organização. Em caso de servidor público, ato de nomeação ou a declaração do Órgão Público que o contratou, contendo no mínimo: dados cadastrais do trabalhador, matrícula e função, assinatura do agente público responsável pela emissão e a indicação do cargo que ocupa no órgão público.
III – declaração oficial da empresa/organização em que atua, dirigida à Coordenação do Núcleo de Carreiras, detalhando as atividades profissionais exercidas, devidamente assinada pelo responsável, indicando o cargo ocupado e sob carimbo;
IV – Comprovante de identidade do responsável pela assinatura da declaração.
A contagem de carga horária só poderá ser iniciada após aprovação, pelo Núcleo de Carreiras, do pedido de convalidação. 
Caberá exclusivamente ao professor orientador de estágios a análise e aprovação ou reprovação do pedido de convalidação, considerando-se a aderência das atividades descritas na documentação apresentada pela empresa/organização responsável ao perfil do egresso descrito no PPC e à área de atuação.  Para essa análise o professor orientador do estágio poderá solicitar outros documentos complementares, a fim de embasar seu parecer.

Não, em virtude da necessidade do processo avaliativo, apenas atividades profissionais atuais (e dentro dos períodos permitidos para o Estágio Obrigatório), podem ser consideradas para fins de convalidação.

Se previsto no Projeto Pedagógico do seu Curso e se você estiver num dos períodos permitidos para realização do Estágio Curricular Supervisionado, você poderá requerer, de forma prévia, a formalização do estágio obrigatório. Esse pedido será analisado pelo Orientador de Estágios, a quem cabe dar um parecer sobre a pertinência das atividades e do perfil de formação e experiência profissional do eu supervisor na concedente, para decisão final do Coordenador do Núcleo de Carreiras.

Não, em virtude da necessidade do processo avaliativo, a solicitação e a autorização devem ocorrer ANTES do início da contagem de carga horária.

Não, é obrigatória matrícula em Estágio Curricular Supervisionado, ou equivalente.

Não, além do cumprimento da carga horária mínima estabelecida pelo Projeto Pedagógico, é necessário participar de todo o processo avaliativo e obter um aproveitamento mínimo de 60,0 (sessenta) pontos para aprovação.

No UNIFEMM, os estágios não obrigatórios compõem um dos grupos de Atividades Complementares. Veja o Regulamento de Atividades Complementares para mais informações.

O Núcleo de Carreiras designa um professor orientador para acompanhamento dos estágios. Em prazos não superiores a seis meses o UNIFEMM deve receber relatórios de estágio.  Além disso, o SGE dispara, automaticamente para o supervisor de estágios, uma ficha de avaliação sobre o desempenho do estagiário, competências e habilidades.

Não. O estágio não cria vínculo empregatício, desde que respeitados os pré-requisitos estabelecidos na Lei 11.788, entre os quais destacamos a celebração de Termo de Compromisso de Estágio entre o estagiário, a concedente e a Instituição de Ensino. Por isso, o estagiário não tem direito aos benefícios assegurados aos demais empregados, tais como vale-alimentação, assistência médica, etc. Caso a empresa queira oferecê-los aos seus estagiários, isso não criará vínculo empregatício. No entanto, de acordo com a legislação atual, os estagiários têm direito ao auxílio-transporte, recesso remunerado proporcional e bolsa-auxílio (para os estágios não-obrigatórios).

Não, a Lei 11.788 estabelece como um dos requisitos para estágio a matrícula em Instituição de Ensino.

São em geral instituições privadas que agem intermediando o estágio entre as empresas ou instituições concedentes de estágio e as instituições de ensino.  Esses agentes podem identificar oportunidades de estágio; ajustar suas condições de realização; fazer o acompanhamento administrativo; encaminhar negociação de seguros contra acidentes pessoais e cadastrar os estudantes.

Não. A assinatura do TCE pelo agente integrador não dispensa nem substitui a assinatura da concedente.

Cadastre seu Currículo


Você pode cadastrar seu currículo para concorrer a vagas de estágio internas, ofertadas pelo UNIFEMM, ou vagas externas de estágio ou emprego, ofertadas por concedentes parceiras. É rápido e fácil.

Clique aqui para preencher o formulário de cadastramento.

Você também poderá encaminhar seu currículo em arquivo word ou pdf  para o email vagas@unifemm.edu.br, para ser anexado ao banco de currículos eou para ser avaliado pela nossa especialista, que poderá te dar dicas de como torná-lo mais adequado e competitivo.

 

CADASTRE SEU CURRICULO

A+
A
A-
PD
AC
Atendimento via chat
Atendimento via chat