Núcleo de Carreiras participa de jornada para discutir desafios dos futuros profissionais - Unifemm
3121062106 | ouvidoria@unifemm.edu.br

Notícias Unifemm

Núcleo de Carreiras participa de jornada para discutir desafios dos futuros profissionais

O futuro profissional começa no primeiro dia de aula. E para auxiliar cada vez mais seus alunos a conquistarem um espaço de destaque no mercado de trabalho, o UNIFEMM busca constante atualizações e conhecimento. No dia 23 de outubro, o coordenador do Núcleo de Carreiras (NuC), Frederico Reis, participou da Jornada de Empregabilidade, realizada em São Paulo e com a presença das principais Instituições de Ensino Superior (IES) do Brasil.

O objetivo do evento foi reunir especialistas, líderes das IES e profissionais do mercado para discutir os desafios e a importância da empregabilidade em faculdades e universidades. Desta forma, a instituição consegue elaborar programas para auxiliar seus alunos a se destacarem nas empresas. Foram convidados diversos palestrantes, dentre eles, a comentarista de carreiras da GloboNews Maira Habimorad e o presidente da Associação Brasileira de Orientação Profissional (ABOP), Rodolfo Ambiel.

“Foi um momento em que tivemos a chance de debater os principais desafios deste novo mercado de trabalho e as expectativas dos empregadores, que vêm mudando nos últimos anos”, afirma Frederico Reis. Segundo ele, estar preparado para uma carreira não é ter apenas conhecimento técnico, mas também é preciso desenvolver habilidades para enfrentar os desafios profissionais e da vida. Um estudo da Universidade de Michigan mostrou que a vida útil de uma habilidade aprendida caiu de 30 para 5 anos e, assim, a busca pelo aprendizado constante é importante para se manter competitivo no mercado.

Assim como o UNIFEMM investiu no Núcleo de Carreiras, a tendência das instituições de ensino é investir em um setor que contribua para que seus alunos consigam vagas de estágios ou empregos, auxiliando na formação do futuro profissional. “Maira Habimorad mostrou que a formação técnica continua relevante, pois é o alicerce da possibilidade de sucesso profissional. Mas as competências sociocomportamentais tornam-se relevantes e precisam ser desenvolvidas. Este é um trabalho que o NuC sempre busca realizar com os nossos estudantes”, observa Frederico Reis.

Confira outras Notícias

A+
A
A-
PD
AC
Atendimento via chat
Atendimento via chat