Últimos dias para avaliação de professor: CPA do UNIFEMM destaca importância em participar e apresenta professores TOP 20 de 2016 - Unifemm
(31) 2106 2106 | ouvidoria@unifemm.edu.br

Notícias Unifemm

Últimos dias para avaliação de professor: CPA do UNIFEMM destaca importância em participar e apresenta professores TOP 20 de 2016

A Avaliação de professor faz parte do programa de Avaliação Institucional do UNIFEMM e constitui, cada vez mais, um importante instrumento autoavaliativo que contribui para o aperfeiçoamento da prática docente.

Dentre as informações da Avaliação de Professor a CPA, Comissão Própria de Avaliação verifica o desempenho do professor e as condições de ensino da instituição. O processo avaliativo deste semestre vai até dia 31 de maio (2017). (Avalie agora!)

              

TOP 20 UNIFEMM

Um dos desdobramentos da Avaliação de Professor é o TOP 20 que acontece semestralmente por adesão voluntária, seguindo os princípios do Projeto de Autoavaliação do UNIFEMM, sendo que os avaliadores são os alunos, o próprio professor que faz sua autoavaliação e o Coordenador de Curso. É um instrumento que avalia quatro importantes dimensões: Didática do professor, Procedimentos Avaliativos, Questões Administrativas e Relacionamento Professor/Aluno.

De acordo com a coordenadora da CPA do UNIFEMM, Raíssa Pimenta, o objetivo principal desta avaliação é o de conhecer e avaliar o ensino de graduação do UNIFEMM, bem como as práticas de ensino utilizadas, os processos de avaliação e a relação coordenador/professor/aluno por meio da percepção de cada um destes sujeitos envolvidos no processo ensino aprendizagem. “Os resultados da Avaliação de Professor são mensurados e analisados pela Comissão Própria de Avaliação (CPA) e, a partir do resultado final, é feito um ranqueamento por dimensão de todos os professores/disciplina/curso avaliados, que se divide em três categorias: superior, intermediário e aqueles que necessitam de melhorias. Os professores que se enquadram no ranking superior são considerados os  Docentes TOP 20”, explica Raíssa.

Outro desdobramento importante da avaliação é a elaboração dos Planos Individuais de Desenvolvimento (PIDs), que se referem à busca de um melhor aperfeiçoamento do professor e da sua relação com o seu coordenador, o qual observa, juntamente com o Núcleo de Apoio ao Docente (NAD), as demandas apresentadas no seu curso. O NAD, por sua vez, organiza o Levantamento das Necessidades do Curso (LNC) e propõe ações formativas que são discutidas junto à CPA, as quais irão se desdobrar na oferta de Atividades de Aperfeiçoamento Docente que são ministrados pelos Docentes TOP 20, preferencialmente.  

Estas atividades se referem a uma das etapas de encerramento do fluxo da Avaliação de Professor, além das Oficinas de Boas Práticas que proporcionam a troca de experiências e práticas executadas pelos Docentes TOP 20 que ainda trazem a oportunidade de divulgar as boas ações e metodologias utilizadas num trabalho em equipe mais coeso e integrado na Instituição.

 

A CPA incentiva a participação de estudantes e professores no desenvolvimento de uma cultura de avaliação e melhoria constante dos processos. Clique aqui e avalie agora!

 

Conheça alguns dos professores TOP 20 de 2016

Para conhecer outros professores TOP 20, clique aqui!

Confira outras Notícias

A+
A
A-
PD
AC